BioceânicaCampo GrandeDestaques

Adriane Lopes é empossada como presidente do Comitê Gestor dos Municípios da Rota Bioceânica

A Prefeita de Campo Grande foi eleita por unanimidade por todos os prefeitos de municípios da Rota

Na última terça-feira (28), prefeitos das cidades integrantes da Rota Bioceânica se reuniram em Iquique, no Chile, para o 4º Fórum dos Territórios Subnacionais do Corredor Bioceânico Capricórnio. Na ocasião, foi realizada a eleição para definir quem presidiria o Comitê Gestor dos Municípios que compõem a Rota Bioceânica.

A prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, foi eleita por unanimidade, e já tomou posse na manhã desta quarta-feira (29).

“É uma honra ter sido eleita presidente da Comissão, por unanimidade. Quero contribuir de forma prática, para podermos avançar. A proposta de governança veio de reuniões passadas. Nosso foco não pode ser em dificuldades, e sim em soluções para os problemas enfrentados. Predicamos entender o impacto que a Rota nos quatro países que compõe a Rota”, disse a prefeita após a posse.

No Fórum estão sendo debatidos os avanços e novas iniciativas que os municípios, universidades, e outros setores que compõe a Rota precisam se adequar com essa nova realidade. A escolha da prefeita Adriane Lopes ocorreu, principalmente, em virtude da chefe do Executivo de Campo Grande ter a sua gestão focada no desenvolvimento econômico sustentável, turístico e integração cultural, além de tecnológica com os países vizinhos.

O evento segue até quinta-feira (30), no Chile e recebe prefeitos, governadores, vereadores e delegações de empresários de toda América Latina, que estão em busca realização de negócios e novas tratativas.

Parque Industrial Tecnológico

A Prefeitura de Campo Grande, participou nessa terça-feira (28) do lançamento do Parque Industrial, Tecnológico e Sustentável, em Pozo Almonte, no Chile.

A prefeita Adriane Lopes acompanhou o evento, tendo em vista que a Capital já possui um Parque Tecnológico, e que a partir da nova possibilidade, as gestões poderão gerar transformações econômicas e turísticas, além de novas possibilidades tecnológicas.

A iniciativa faz parte do 4º Fórum dos Territórios Subnacionais do Corredor Bioceânico Capricórnio, onde foi dada largada oficial do evento.

Na solenidade, o governador de Tarapacá, José Miguel Carvajal, o Ministro da Economia, Fomento e Turismo do Chile, Nicolás Grau e o Alcade – cargo equivalente a Prefeito – de Pozo Almonte, Richard Godoy formalizaram a entrega fiscal do terreno onde irá funcionar o Parque Industrial, Tecnológico e Sustentável da Comunidade.

O ministro do Chile agradeceu a presença de todas as delegações dos países que compõem a Rota: Brasil, Argentina, Paraguai e Chile.

“As autoridades, as empresas e todos os que habitamos aqui trabalharão para fazer parte desta conexão que une o Oceano Atlântico com o Pacífico, pois Pozo Almonte, por história, por essência, é um centro logístico que conecta Tarapacá com os corredores bioceânicos, e a partir deste mesmo espaço, vamos melhorar as condições para gerar mais atraentes que melhorem a competitividade”, disse.

Segundo o Governo de Tarapacá, o Parque será uma peça importante do Sistema Logístico Integrado que procura consolidar o Governo Regional, somando-o a outros instrumentos e mecanismos que permitirão a chegada de maior investimento privado à capital da Província do Tamarugal.

“Este novo parque que será localizado na Rota A-687 faz parte do ecossistema que hoje estamos levantando no campo logístico, o que permitirá potenciar o desenvolvimento econômico, gerará novos empregos e fortalecerá o que os grandes empresários da região estão fazendo, mas também, deverá relevar e valorizar o esforço e dedicação dos empreendedores e das PME de Tarapacá”, pontuou o Governador Carvajal.

A delegação com 110 tripulantes da III Expedição Rila saíram de Campo Grande em 38 camionetes, na última sexta-feira (24), e chegaram ao destino final: Iquique, no Chile, na terça-feira (28). Os expedicionários foram recebidos pela Prefeita da Capital, além de autoridades dos países que compõe a Rota.

Companhia Portuária de Iquique

Na última segunda-feira (27), a equipe técnica da Prefeitura conheceu a Companhia Portuária de Iquique, localizada na Região de Tarapacá. Durante a agenda oficial, chegou-se o entendimento comum das possibilidades comerciais a partir da Rota.

A diretora-presidente da empresa portuária de Iquique, María Magdalena Balcells disse que a presença da prefeita Adriane Lopes na reunião com o corpo diretor do Porto é fundamental para fomentar iniciativas de desenvolvimento econômico entre as cidades.

“Essa visita é muito relevante para começar a concretizar todas as iniciativas de desenvolvimento e as oportunidades que existem entre Campo Grande e a região de Tarapacá, em particular com o Porto de Iquique. Com o funcionamento do corredor Bioceânico podemos dialogar sobre todas as vantagens que oferece Iquique como porta de saída e Campo Grande como um território muito rico”, disse ela.

O Porto de Iquique existe desde 1930 e María Magdalena é a primeira mulher nomeada como diretora-presidente desde a fundação.

 

Fonte CE.

Redação Gdsnews.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo