CalorzãoDestaquesFixoMato Grosso do Sul

Após uma semana de calor ameno, termômetros devem chegar aos 36ºC em Mato Grosso do Sul.

A previsão indica retorno do calor mais intenso, além de umidade relativa do ar mais baixa

Após uma semana de “refresco”, em que houve calor mas sem temperaturas extremamente elevadas em Mato Grosso do Sul, a previsão indica retorno do calor mais intenso, com valores que podem chegar até a 36ºC. A umidade relativa do ar mais baixa deve permanecer.

Segundo o Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de MS (Cemtec), o tempo deve permanecer firme com sol e variação de nebulosidade.

Porém, não se descarta a chance de ocorrer pancadas de chuvas isoladas, com destaque para as regiões leste, sudeste e nordeste do estado. Além disso, pode ocorrer chuvas mais intensas localmente.

Essas instabilidades ocorrem devido à convergência de umidade e a atuação de áreas de baixa pressão atmosférica em médios e altos níveis da atmosfera.

Para este sábado (27) e domingo (28, a elevação das temperaturas com valores de até 36°C deve ocorrer principalmente para as regiões norte, pantaneira e sudoeste, com mínimas entre 21-23°C.

Enquanto nas regiões sul, bolsão e leste são esperadas temperaturas mínimas entre 16-21°C e máximas de até 34°C.

Para Campo Grande, são esperadas mínimas entre 19-20°C e máximas de até 33°C.

Baixa umidade

Além do retorno das altas temperaturas, a baixa umidade relativa do ar deve ser um fator predominante no fim de semana.

Ao longo desta semana que passou, o tempo seco foi bem característico. A exemplo, na quinta-feira (25), sete cidades de Mato Grosso do Sul estiveram entre as menos úmidas do País.

A menor umidade foi registrada em Aquidauana, com 19%. Em relação ao resto do País, essa foi à segunda cidade mais seca, e a primeira mais seca em MS.

Em sequência, entre as 20 cidades com as umidades mais baixas estavam: Sonora (21%), Jardim (24%), Corumbá (25%), Miranda e Nhumirim (26%), Coxim (30%).

Por outro lado, a previsão do Climatempo indica que, a partir de segunda-feira (29), a previsão é de muita chuva, algo que pode mudar esse cenário, pelo menos em Campo Grande, com previsão de até 90% para a ocorrência de chuva.

 

Fonte CE.

Redação Gdsnews.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo