FixoMato Grosso do SulNotícias

Questionado por causa de reportagem do GDS News, pastor satânico ameaça fieis e promete processo contra o jornal

Esse é o pastor Denilson Fonseca, líder da Aliançados, seita religiosa envolvida em muitos escândalos _ Reprodução do Instagram

O pastor Denilson da Fonseca deixou seu lado cordeiro de lado e, furioso após ler a reportagem veiculada no GDS News na semana passada, esbravejou, bufou, ameaçou féis que o questionaram e emitiu uma nota de esclarecimento tosca, onde não diz nada com nada, embora dê a entender que vai processar o portal GDS News.

Não só contra o GDS News.

No último encontro na Aliançados, ele fez promessas de entrar na justiça e fazer valer as leis contra quem quer que esteja denegrindo a imagem dele, seja jornal ou sejam os ex-fieis que estão abandonando a CCA, às fileiras.

Na verdade, tem é muita gente da seita querendo falar com a reportagem para contar mais sobre o pastor valentão que ficou ainda mais valente quando viu o envolvimento na matéria do seu protegido, o popular Preto Veio.

Ele quer porque quer saber quem é que está dentro da Aliançados e está ajudando o jornal a desenterrar os podres que permeiam o dia-a-dia da seita movida a muito dinheiro e muita, mas muita fofoca.

Ele promete descobrir quem é o delator e puni-lo severamente para que sirva de exemplo a quem mais estiver contrariado com a linha adotada por ele no comando linha dura da Comunidade Cristã Aliançados.

A bem da verdade, a nota de esclarecimento público não esclareceu nada, mas foi um verdadeiro tiro no pé do pastor e dos líderes que ainda se mantêm leal a ele, pois quem não sabia da reportagem saiu desesperado atrás e o GDS News teve um aumento considerável de acessos, pois quem achava a reportagem imediatamente a passava para frente pelas mídias sociais.

Embora seja informação extraoficial, há comentários de que Denilson Cordeiro da Fonseca teria sido afastado do Conselho de Pastores do MS pelo apóstolo Dinho até que tudo seja esclarecido. Tudo por conta da reportagem veiculada no GDS News.

A Nota de Esclarecimento mais desinformou do que esclareceu _ Reprodução do Instagram

DOEU NO BOLSO – Em conta-gotas, vamos relatar os últimos acontecimentos que têm abalado as estruturas da Arena Aliançados.

Odair Garcia (fone 67 9….1443), membro que deixa um dízimo de 130 mil por mês na Aliançados, após ler a reportagem do GDS, afirmou que vai abandonar a CCA, fato que deixou a cúpula da seita desesperada.

O clima de desespero é tamanho que há quem admita que é até possível os dirigentes da CCA oferecerem uma “parte da igreja” para não perder o dizimista.

LIMPEZA DO TERRENO – Um dia após a publicação da reportagem que citou o caso do terreno do antigo Laticínios Iporã, de propriedade da Aliançados e que se encontrava completamente abandonado, servindo de ponto de encontra de drogados e marginais, a CCA determinou a limpeza do imóvel.

Em síntese, de cara, pelo menos uma coisa boa para população aconteceu como consequência da matéria sobre o dia-a-dia da Aliançados.

SEM QUESTIONAMENTO – Thaysla Lima Farias, membro da CCA que estava trabalhando na casa do pastor Denilson Fonseca e recebendo da Aliançados, após ver a reportagem, ousou fez um questionamento ao dito cujo acerca de sua situação de trabalho na casa dele, assim como sobre o teor da reportagem.

Foi um Deus nos acuda.

O pastor parecia endiabrado de bravo.

Humilhou a trabalhadora e fiel seguidora de sua igreja com palavras de baixo calão.

Rogou-lhe pragas e em sua família e a demitiu de sua casa.

Não fosse o bastante, colocou-a de banco na Igreja Aliançados para ser tratada e a está obrigando a fazer “Escola de Cura” para se libertar do espírito maligno que a levou a fazer o questionamento a ele que é inquestionável. É Deus no céu e ele, Ser Supremo, na Terra.

MAIS AMEAÇAS – No culto do domingo da semana passada, ainda sob o efeito da leitura da publicação do GDS, ele ameaçou seus fiéis dizendo que eles estão dentro da igreja e repassando as informações para quem está fora.

Tudo isso, devidamente registrado pelo sistema de circuito fechado de TV da CCA que, aliás, é um dos mais sofisticados do Brasil.

Ele alega que tudo é mentira, mas diz tem gente repassando informações ao GDS News. Não é meio esdrúxulo esse posicionamento?

AGRESSÕES – A “irmã” Meglin (telefone 67 9….9380) foi agredida verbalmente e abriu boletim de ocorrência contra Flávio Giordano, proposto do pastor satânico.

SEM EXPLICAÇÃO – Pastor Aelson Arantes (telefone 67 9….5279), responsável pela unidade da Aliançados, do Jardim Aeroporto, em Campo Grande, presenciou o pastor Denilson com seguranças armados, promover o fechamento da igreja, sem maiores explicações.

Indignado o pastor Aelson é uma das pessoas que sabe de tudo o que se passa na seita e tem, inclusive, todas as fotos e provas deste crime cometido nesse dia pelo pastor Denilson e pelo Marcos de Jesus.

A reportagem procurou os antigos zeladores do barracão onde estava a Aliançados que foi fechada pelo pastor Denilson

Um dos zeladores contou que o Marcos de Jesus chegou com um barbudo que toca baixo na Aliançados e pediu para quebrar tudo. Ele estava com muita raiva nesse dia.

Chegaram os caminhões, van e camionetes para levar tudo.

Era o Marcos de Jesus quem mostrava o que era para quebrar e quando foram embora, cortaram a luz e a água.

Ficaram uma semana pegando luz e água dos vizinhos, porque eles eram contratados da Aliançados e não conheciam ninguém.

Até que um dia o pastor Aelson apareceu e avisou o dono do prédio para resolver o problema da água e da luz.

Ele estava no culto no dia que fechou e acompanhou a destruição do barracão feita pelos funcionários do pastor Denilson e comandando pelo Marcos de Jesus.

A escola da Cura oferece várias opções de pagamento, principalmente o pix _ Reprodução do Instagram

AVALISTAS, NÃO! – O pastor Gilson e sua esposa Jéssica (telefone 67 9….0022) foram chamados pelo pastor Denilson para dar o seu estabelecimento comercial (Mercado Silva) em garantia para a compra do terreno da Tim, mas porque eles não concordaram em atender o pedido foram expulsos e ele proibido de pastorear a Igreja Futurista.

USO INDEVIDO – Carina Brasil (telefone 67 9….6566), assessora do deputado federal Luiz Ovando abandonou a Comunidade Cristã Aliançados e pediu para que seu nome fosse excluído da Diretoria, mas a CCA ainda usa o nome dela no Estatuto.

Carina já fez uma notificação extrajudicial para não usarem mais o nome dela no Estatuto da CCA.

TRAIÇÃO – O pastor E. P. (telefone 9….5589) é pai de uma jovem que teria sido flagrada com o pastor Tom Conniff (telefone 67 9….6130), casado e, logo, traindo sua mulher.

E. P. teria se dirigido até a Aliançados no mês de janeiro que se findou para matar o pastor Tom, mas o pastor Denilson conseguiu abafar o caso, evitando uma tragédia.

O pastor E. P. agora quer dar uma coletiva e falar que o mentor da CCA, pastor Denilson, é conivente com muita coisa errada que se passa na comunidade, inclusive infidelidade conjugal.

INTERIOR – O pastor Marcelo Melgarejo (fone 67 …… 1798) era missionário em Miranda, onde ficou por dois anos. Em setembro do ano passado veio embora porque estava passando fome na cidade. Ele foi deixado sem salário e às custas de membros da igreja de Miranda.

Com sua saída, o pastor Denilson e o Marcos de Jesus repassaram a base missionaria para o pastor Carlinhos Silveira de Aquidauana.

Melgarejo hoje está morando de favor em Campo Grande, sendo uma pessoa que sofreu muito na mão do pastor Denilson, por isso se revoltou e quase foi às vias de fato com o Marcos Jesus quando este anunciou a sua saída da Aliançados.

Os pastores Robson, de Sidrolândia (telefone 67 9….2488) e André Baez de Aral Moreira, são parentes.

Ambos também foram deixados passando fome nas cidades em que foram designados pastores.

Agora, juntamente com outros pastores, estão procurando advogados para entrar com ação contra Aliançados.

Ainda se encontram em situação de miséria em Campo Grande.

A Arena Aliançados é uma das sedes de igrejas mais sofisticadas do Estado _ Reprodução do Instagram

NOVO ALVO – Agora, o alvo está centrado no pastor Jeanderson Córdoba (telefone 67 9….5393), que saiu da CCA e criou a Igreja Renascidos em Cristo.

Quando saiu, Jeanderson pediu a bênção ao pastor Denilson que, por não acreditar que a igreja dele ia crescer, abençoou e até deixou que saísse sem falar mal.

Ocorre que, para sua surpresa, a Renascidos em Cristo começou a ganhar cada vez mais seguidores, a maioria vinda da Aliançados.

Agora a história mudou.

Denilson está atacando em suas reuniões o pastor Jeanderson, porque sua igreja que começou com 10 pessoas agora já está com quase 300 membros e indo para a inauguração do seu terceiro templo, isso em menos de um ano.

No caso da saída do pastor Jeanderson, não houve a reunião para a exclusão, mas que foi uma tremenda briga na época em Campo Grande, isso foi.

TRABALHO ESCRAVO – Terezinha de Jesus Fonseca, mãe do pastor Denilson Cordeiro Fonseca, foi admitida na Pousada Emílio Takamori pagando R$ 4.500,00 mensais, porém foi convidada a sair, por falta de pagamento.

Agora, o pastor Denilson alugou uma casa, que a Aliançados paga, e uma funcionária registrada pela igreja é que faz o papel de cuidadora da idosa.

Se não bastasse isso, a cuidadora é membro da Aliançados e cumpre turno de 24 horas de cuidados e recebe um salário mínimo sob a promessa de que bênçãos espirituais cairão em sua vida por cumprir trabalho escravo para o pastor Denilson Fonseca.

A senhora Terezinha, mãe do pastor Denilson Fonseca, morava com ele no Alphaville 4, mas quando ele foi para o Alphaville 1, determinou que sua filha Agda e sua mãe fossem morar fora do condomínio luxuoso.

Agda, atualmente, mora em um apartamento comprado recentemente e que não chega nem perto do luxo em que o papai todo-poderoso vive.

SEM PERDÃO – O ministro de Louvor André Hilário pegou um carro da Aliançados emprestado para um compromisso particular e, por uma casualidade, acabou batendo o carro.

Mesmo após ter ajudado a igreja por cinco anos em que esteve à frente dos Louvores da Comunidade, ele foi expulso pois não teve o dinheiro para pagar o conserto do carro e agora, com o desfalque desse ministro, estão falando que ele saiu porque traiu sua esposa e teve que fugir correndo para São Paulo.

De acordo com as informações que chegam ao GDS News, todos que saem da Aliançados não prestam. É normal ouvir dizer que quem sai é porque está em pecado.

NOVOS HORIZONTES – Com objetivo de buscar mais dinheiro de povos que ainda não o conhecem, o pastor Denilson abriu recentemente uma igreja em Cuiabá (MT) para onde mandou o pastor mais antigo da CCA, que dirigia a igreja em Maracaju.

Mas, tudo não passou de um plano para meter o pé na bunda do pastor Giovane Buzatto, pois o mesmo foi quem bateu de frente com Marcos de Jesus que reduziu seu salário de 12 mil para 3 mil reais.

Marcos de Jesus entende que levando ele para Cuiabá (MT), local onde nunca teve igreja Aliançados, ele não poderá arrecadar igual aos outros pastores, afinal lá vai começar do zero e não tem nenhuma entrada de dinheiro e ele vai ficar totalmente dependente de Campo Grande.

Na verdade, Marcos de Jesus está com planos de pôr Giovane Buzatto no olho da rua.

Essa é a mesma estratégia que ele usou em relação ao pastor Felipe Rossi da cidade de Dourados.

Rossi é de Campo Grande, advogado, estava liderando a igreja do Bairro São Conrado e já estava arrecadando cerca de 120 mil reais por mês, tendo um salário de 5 mil reais por mês, além de que sua esposa ganhava um salário de 1.000 reais.

Certo dia, o pastor Denilson Fonseca convidou Felipe Rossi para ministrar culto na sede (Arena, na Avenida Mato Grosso) e, logo após o culto, o pastor Denilson anunciou que Felipe seria o substituto do presidente, fato que não agradou nenhum pouco a Marcos de Jesus que armou um plano para derrubar o pastor Felipe.

Marcos de Jesus, então, sugeriu que se demitisse o pastor Neto Ramanesch e promovesse Felipe para Dourados com salário de 12 mil reais com todas as despesas pagas pela Aliançados.

Foi um belo plano no qual o empolgado pastor Felipe caiu feito um patinho, aceitando o convite.

Em dourados, o Felipe ficou sete meses sem ajuda da sede e com salário de 50% do prometido e sem as despesas básicas pagas, conforme combinado.

Dessa forma, Marcos de Jesus, executou com sucesso o plano de “derreter” o pastor Felipe que entrou em depressão juntamente com sua esposa por causa da extrema decepção, levando-o a entregar o posto e voltar para Campo Grande.

Desligado da CCA, pastor Felipe segue atuante na área do Direito e fazendo muitos clientes.

Para ver seu sucesso, basta dar uma espiadela em suas redes sociais e observar que sair da CCA não lhe fez nenhum mal, pelo contrário.

FAZ TUDO – O pastor Airton Nogueira é quem cumpre expediente em horário comercial com as demandas de ir passear com os cachorrinhos da apóstola, buscar pão, molhar o jardim, depois levar as filhas do pastor Denilson na escola, na aula de inglês, aula de balé e quando termina a rotina da família dele, vai lavar os carros da diretoria da Aliançados nos lava-jatos parceiros.

Recebendo pela Comunidade Aliançados, mantém um acordo assinado de pastor voluntário, afinal de contas, a noite tem que correr para a igreja do Bairro Santo Amaro fazer seus cultos para arrecadação dos devotos, conforme planos do Marcos de Jesus e do Denilson Fonseca.

SONEGAÇÃO – Ao adentrar na Arena Aliançados é possível ver uma livraria repleta de produtos sendo comercializados sem nota fiscal, assim como uma lanchonete, como sempre, com membros da Aliançados servindo como funcionários e sem salários, mas essa receita não é para igreja, mas sim para os bolsos do pastor Denilson Fonseca que não paga aluguel, não paga os impostos, não arca com energia elétrica, ar condicionados e nem funcionários: um comércio e tanto, afinal são 100% de lucro.

Os produtos adquiridos para livraria saem de São Paulo em contrabando com utilização de uma Van que fica dentro do estacionamento da Igreja Aliançados, mas que é de uma empresa de um de seus membro.

O veículo é abastecido, lavado e tem a manutenção tudo custeado pela igreja Aliançados.

É dirigido por membros voluntários da igreja para cumprir essas rotinas de comércio sem pagar impostos, ao contrário do que é vendido no curso Escola de Cura, onde Denilson prega e ensina sobre a contaminação financeira e sonegação fiscal, mas pelo visto essa maldição só pega nos membros, porque a Diretoria da Aliançados a tudo parece imune

POLÍCIA NELES – Com um simples mandado de busca e apreensão seria possível encontrar nos depósitos da Arena Aliançados milhões de reais em equipamentos de som e iluminação de uma empresa que está sob investigação do Ministério Público.

Estão escondidos dentro da igreja produtos contrabandeados da Bolívia e Paraguai, todos novos em suas caixas originais, que chegam durante a madrugada na sede da Aliançados.

Por sinal, se for feita uma pesquisa sobre a procedência desses kits multimídias de última geração, com certeza notas fabricadas apareceriam com datas de 2024, pois pessoas que manusearam esses equipamentos sabem que existem produtos que nem podem estar no Brasil e estão ali dentro da igreja guardados a sete chaves e na mão de um membro que monitora a igreja de dentro de sua casa.

Voltaremos!

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo