Campo GrandeDemissõesDestaquesFixo

Suspeito de agredir criança é destituído de Conselho Tutelar em Campo Grande

A publicação foi feita no Diogrande desta quinta-feira (18); Além dele, outros dois Conselheiros Tutelares estão com os cargos sub judice

O Conselheiro Tutelar Daniel Castro Lima, suspeito de ter agredido uma criança de 9 anos durante atendimento, foi destituído. A publicação foi feita no Diogrande desta quinta-feira (18), em edição extra.

Conforme com o levantamento feito pela reportagem, Daniel Castro Lima, conhecido nas redes sociais como ‘Enfermeiro Daniel Amado’ foi denunciado por supostamente ter agredido uma criança de 9 anos durante atendimento enquanto exercia a função de técnico de enfermagem, na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF), no Jardim Paradiso.

Denúncia

A mãe da criança procurou a policia, no dia 30 de agosto de 2023, e registrou o boletim de ocorrência. Segundo relatou levou o menino para tirar pontos da cabeça. Em dado momento enquanto se ajeitava na maca perguntou para o técnico de enfermagem se iria doer.

Daniel teria respondido que o procedimento era doloroso, sairia muito sangue e que ele chamaria outras pessoas para segurar o paciente. Na sequência deixou a sala enquanto a criança começou a chorar.

Ao retornar falando no celular, de acordo com relato da mãe, o técnico de enfermagem bateu no ombro da criança e o repreendeu dizendo “fica quieto, estou no telefone.

Como a criança não parava de chorar a mãe afirmou que Daniel deu um tapa na cabeça do menino. Neste momento, a genitora pediu que o filho fosse atendido por outra pessoa.

Histórico

Além disso, Daniel já concorreu às eleições do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (Coren-MS) e possui desde 2010 um projeto social, com o qual faz aparições na internet. Em sua ficha, constam boletins de ocorrência também por violência doméstica e porte ilegal de arma de fogo.

Diogrande – quinta-feira, 18 de janeiro de 2024

O que diz a Prefeitura

A reportagem entrou em contato com a assessoria da Prefeitura e a Secretaria de Assistência Social (SAS) por meio da Superintendência da Gestão Administrativa informou que Daniel Castro Lima encontra-se sub judice portanto foi destituído do cargo de Conselheiro Tutelar. E explicou que “o mesmo poderá recorrer, caso isso não aconteça será substituído pelo suplente”.

No dia 10 de janeiro, na cerimônia de posse dos Conselheiros Tutelares, no auditório do Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (IMPCG), Daniel chegou a ser anunciado e tomou posse do cargo. No entanto, este não é o único caso de suspeito com pendências na justiça ou que não está apto para exercer a função por outras circunstâncias.

Reeleitos com o cargo sub judice:

Hellen Queiroz

Marcelo Marques

O conselheiro tutelar Marcelo Marques de Castro, que ocupa a 12 anos, tendo sido eleito pela quarta vez, é alvo por crimes de falsificação, constrangimento ilegal e maus tratos.

Enquanto Hellen Prado Benevides Queiroz, que havia sido considerada inapta para assumir a função, conseguiu liminar na justiça para continuar na disputa pelo cargo de conselheira tutelar.

 

A reportagem tentou contato com Daniel de Castro Lima, mas até o fechamento da reportagem não obteve retorno. O espaço segue aberto.

40 eleitos (2024/2027):

  1. Anna Paula Falcão
  2. Ana Clara Sanches (Caso Sophia)
  3. Ana Cláudia Palmeira
  4. Letícia Louveira
  5. Carol Marquez Zamboni
  6. Débora Machado Castro
  7. Tatiane Oliveira
  8. Larissa Abdo
  9. Moisa Nascimento
  10. Raffael Oliveira Brugeff
  11. Syelli Ferreira Correa Pereira
  12. Silvana M
  13. Adriana Marques
  14. Renata Carla de Lima
  15. Adriano Vargas
  16. Aline Ayala
  17. Any Gabrieli Ribeiro
  18. Cris Cantieri
  19. Suellen Gomes
  20. Fernanda Valiente
  21. Jacob Alpires Silva Filho
  22. Tia Micheli
  23. Eliane Diniz de Souza
  24. Sandra
  25. Gislaine Spessoto
  26. Cristiane Souza
  27. Joana Queiroz
  28. Professora Nathália Oliveira
  29. Huanna Porto
  30. Heloisa Oliveira
  31. Hellen Queiroz (sub judice)
  32. Conselheira Suelen Leme
  33. Carol Kalache
  34. Suênia
  35. Marcelo Marques (sub judice)
  36. Bianca Varoni
  37. Daniel Castro Lima – DESTITUÍDO
  38. Mariany Ferreira Macedo
  39. Adriana Dias
  40. Professora Gleice

 

Fonte CE.

Redação Gdsnews.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo