Campo GrandeCarnavalDestaquesFixo

PM dobra equipes nas ruas para evitar baderna no Carnaval

Guarda Municipal, Bombeiros, Polícia Civil e Agetran também terão reforço durante os dias de folia na Capital

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul terá 600 policiais nas ruas durante o período de Carnaval, em Campo Grande. O número é o dobro do efetivo empregado no mesmo período do ano passado, quando 300 militares fizeram o policiamento.

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (2), o comandante do policiamento metropolitano da PM, coronel Emerson de Almeida, afirmou que o reforço será maior na região da Esplanada Ferroviária e os policiais se revezarão em dois turnos.

O objetivo é evitar “baderna” durante os blocos de Carnaval, que levam milhares de foliões as ruas da Capital, coibindo brigas e aglomeração de pessoas após o período de encerramento dos eventos.

Segundo o coronel, o planejamento de ações já ocorre desde o mês passado, com reuniões realizadas com os blocos carnavalescos e com moradores da Esplanada Ferroviária.

Ele explicou que ainda que os próprios blocos contratam segurança particular, mas que haverá apoio da PM na questão da revista dos foliões, por exemplo, para evitar a entrada de materiais que podem ser usados como arma, como garrafas de vidro, pedaços de pau, entre outros.

Além disso, foi delimitado um perímetro nas regiões de blocos, onde também haverá reforço de policiais.

“Nós vamos estar com o policiamento também para receber o folião que está chegando com segurança, para que ele tenha condições de desembarcar e nisso eu já abro um parenteses, a ideia para o folião é que não vá com o seu veículo, porque não temos áreas de estacionamento condizentes na área central”, disse o coronel.

Ele reforça ainda que haverá operações da lei seca, para evitar que motoristas misturem álcool e direção.

O horário para o encerramento dos blocos foi definido para às 23h. A meia-noite, equipes da Solurb começam a limpeza dos locais.

Desta forma, a PM reforça a orientação para que os foliões se dispersem no horário estabelecido.

No entanto, o coronel ressalta que não é proibido que as pessoas permaneçam em outras áreas, como a Mato Grosso ou Calógeras, desde que não promovam “baderna”.

“O que a gente vai combater são aquelas pessoas que não entendem e não são foliões, são aquelas pessoas que vão para fazer baderna, brigas, arruaças, que vão, às vezes, querer trazer um carro para o interior ali, querer ligar o som em volume alto. Então vai ter toda a política de barrar esses tipos de situações”, explicou o comandante.

“O folião de bem que quer aproveitar seu Carnaval, quer fazer a sua rodinha entre amigos e curtir o Carnaval, ele terá a segurança ali e poderá usufruir”, acrescentou.

Além da PM, a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Metropolitana (GCM), Cruz Vermelha e Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) também estarão nas ruas para reforçar a segurança e manter a ordem durante o Carnaval.

Os acessos a Esplanada Ferroviária serão através da Calógeras/Mato Grosso, rua Temistocles e rua General Melo.

Programação

O Carnaval em Campo Grande terá blocos na Esplanada Ferroviária, Praça Aquidauana, desfiles das escolas de samba na Praça do Papa, além de blocos em outros locais.

Confira a programação do Carnaval 2024 em Campo Grande:

 

Fonte CE.

Redação Gdsnews.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo